Lucidez Difusa

Os trabalhos são compostos, em parte, por cacos de vidro temperado, usados geralmente em portas de bancos, vitrines de lojas, fachadas de prédios comerciais e em intuições públicas. Lanço mão desse material como elemento central em diálogo com outros materiais, como couro, chumbo, alumínio.

Os trabalhos levantam contrapontos entre a transparência do material (vidro) e seu uso como delimitador de espaço, entre a sua rigidez e sua neutralidade no ambiente – nem tudo que é transpassado pelo olhar está ao alcance do corpo. Em alguns momentos, uso o vidro para criar objetos de translucidez difusa, com superfícies ásperas e rígidas, que são transpassadas por couro ou por chumbo, transitando entre a materialidade dos objetos e as questões que podem ser atreladas às obras a partir da origem e do uso desses materiais no cotidiano.

  • Facebook Classic
  • Instagram Social Icon